sábado, 15 de maio de 2010

Um herói decadente

Russel Crowe: não agrada no papel de Robin Hood

Ontem não foi um bom dia para estréias. Talvez o mais relevante (não por sua importância e sim pelos nomes envolvidos na produção) é a adaptação para a telona do lendário personagem “Robin Hood” pelas mãos do diretor Ridley Scott. O filme, de forma bem direta, é fraco. A narrativa parece não engrenar nas duas horas e vinte minutos de exibição, e Russell Crowe não representa muito bem o imaginário de Robin Hood. No alto de seus 45 anos, Crowe que ganhou o Oscar em 2001 como melhor ator pelo filme “Gladiador” (sendo a direção também de Scott) não anima. O longa não é envolvente e a esperada jornada emocionante do protagonista não acontece da forma que era esperada. E você, tem uma opinião diferente? Gostou do filme? Comente!

Assista o trailler da produção:

2 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Ah, primeira opinião negativa que leio sobre o filme...ainda não conferi, mas em breve! abração!

Hugo disse...

Conforme vamos ficando mais velhos, alguns filmes já chegam com cara de repetição.

Já assisti Robin Hood interpretado por Sean Connery, Kevin Costner, em paródias...

Provavelmente irei assistir este também, mas a expectativa não é das melhores.

Abraço

Postar um comentário